Vitrais

Uma outra arte sublime é a dos vitrais. Os vitrais surgiram no Oriente e tiveram seu apogeu na Europa na Baixa Idade Média, aplicados principalmente nas igrejas de estilo gótico. Com a evolução da técnica construtiva das igrejas muitas paredes puderam ser substituídas por imensas janelas e rosáceas que iluminavam o seu interior.

De acordo com a Wikipedia, “o efeito da luz do Sol que por eles penetrava conferia uma maior imponência e espiritualidade ao ambiente, efeito reforçado pelas imagens retratadas, em sua maioria cenas religiosas. Adicionalmente, serviam como recurso didático para a instrução do catolicismo a uma população inculta e analfabeta”.

Foram desenvolvidas várias técnicas e até hoje faz-se uso de vitrais nos mais variados ambientes.

Vejamos alguns exemplos de vitrais de igrejas – luteranas – que visitamos. Todas as fotos foram tiradas pela Helena.

IMG_8643

Georgenkirche, Eisenach. Colorido de “encher os olhos”.

IMG_8654

Georgenkirche, Eisenach, detalhe.

IMG_8766

Capela de Santa Elisabeth na Wartburg, Eisenach. Beleza na singeleza.

IMG_8907

Catedral de Santa Maria, Erfurt.

IMG_8913

Catedral de Santa Maria, Erfurt. Detalhe.

IMG_8932

Rosácea, Catedral de Santa Maria, Erfurt.

IMG_8944

Ainda a Catedral de Santa Maria, Erfurt. Vitrais junto ao altar.

IMG_9100

Prefeitura de Wilkau-Hasslau.

IMG_9099

Prefeitura de Wilkau-Hasslau. Detalhe do brasão da cidade.

IMG_9181

Na igrejinha luterana de Triebes.

IMG_9474

Thomaskirche, a igreja onde atuou Bach, Leipzig.

IMG_9478

Thomaskirche, Leipzig. Na parte inferior da foto: túmulo de Johann Sebastian Bach.

IMG_9833

Nikolaikirche, Lüneburg. Abóbadas nervuradas.

IMG_9839

Nikolaikirche, Lüneburg.

IMG_9842

Nikolaikirche, Lüneburg.

2 pensamentos sobre “Vitrais

  1. Que belíssima fotos, querida. Dê os parabéns a Helena. Beijinhos. Neusa Pinto

Os comentários estão desativados.